Confira 9 dicas de iluminação para quarto

Confira 9 dicas de iluminação para quarto

O quarto deve ser o cômodo mais aconchegante da casa, certo? Um lugar onde você possa assistir a um filme, ler um bom livro, se vestir com calma e, principalmente, dormir. Deve ser o seu refúgio; aquele espaço que você procura para momentos de relaxamento e tranquilidade.

 

Existem diversas formas de fazer do seu dormitório um cantinho especial. Desde a seleção das cores até a escolha dos objetos de decoração, tudo contribui para transmitir a sensação de conforto que você tanto busca.

 

Um ponto importante que ajuda na criação desse ambiente — um mix de funcionalidade, beleza e aconchego — é a iluminação. Um projeto de luzes bem pensado pode fazer toda a diferença no resultado final.

 

E para te ajudar com a iluminação para quarto, trouxemos 9 dicas para criar o ambiente perfeito para descanso e momentos de lazer. Confira!

 

1. Calcule bem o tamanho do quarto

A primeira coisa a ser observada em qualquer projeto de iluminação para o quarto é o tamanho do cômodo. Espaços mais amplos naturalmente demandam mais luz do que outros menores. Mas isso não quer dizer que basta aumentar o número de lâmpadas espalhadas pelo quarto e tudo estará resolvido.

 

Se o local for mais espaçoso, você pode criar nele mais de um ambiente — em que cada um terá uma proposta de luz diferente para atender às funcionalidades pensadas para ele. É possível, por exemplo, montar um nicho mais iluminado para ler ou estudar e outro com luz mais tênue para dormir. Porém, caso não seja possível fazer essa variação, você pode criar uma disposição que resolva diversas questões em um único ambiente.

 

2. Distribua estrategicamente as fontes de luz

Colocar uma única lâmpada no centro do cômodo, apesar de ser o que mais comumente acontece nas obras, não é a melhor forma de iluminar o quarto. Instale diferentes pontos de luz em todo o espaço — estrategicamente posicionados de acordo com a finalidade do local. A ideia é assegurar uma iluminação uniforme, capaz de valorizar os ângulos do ambiente e incrementar a sensação de amplitude.

 

Uma dica interessante é usar sancas de gesso com lâmpadas de LED embutidas. Essa técnica contribui para um design mais moderno.

 

3. Escolha o lustre certo

Se você optar por um lustre central, lembre-se de que ele precisa refletir o estilo da decoração do quarto.

 

Caso seja uma linha mais moderna, você pode optar por lustres redondos e metalizados. Se quiser um ambiente mais rústico, prefira os de madeira. Mas se o romantismo der o tom, os modelos de cristal são os mais recomendados e o melhor é que se encaixam perfeitamente em quartos decorados com papel de parede.

 

Além de fazer essa combinação — que faz toda a diferença no ambiente —, é importante também observar se esses itens decorativos ajudam a difundir a iluminação ou se a concentram em um ponto específico. A escolha do lustre certo precisa ser feita de acordo com as necessidades de distribuição da luz.

 

4. Use cortinas e aproveite a luminosidade natural

Um quarto que recebe luz natural é mais arejado e pode ser uma ótima opção para economizar energia. Entretanto, nesse caso, vale a pena investir na colocação de cortinas, que possibilitam uma melhor dosagem da luminosidade e garantem a privacidade necessária ao espaço. Afinal, não há nada mais incômodo do que ser acordado logo pela manhã com a luz do sol no rosto.

 

Outra vantagem que as cortinas oferecem é que, quando escolhidas com critério, elas colaboram esteticamente com a decoração do quarto.

 

5. Opte por luzes ajustáveis

Existem diversas opções de lâmpadas e interruptores com dimmer no mercado, que permitem o ajuste da intensidade de luz. Essa opção é perfeita para adequar a luminosidade do ambiente ao clima desejado.

 

Se quiser deixar o quarto mais romântico e aconchegante, basta diminuir a intensidade. Por outro lado, se quiser ler ou se precisar se maquiar para aquela festa, basta aumentar a intensidade.

 

6. Aposte nas luminárias e abajures

E você vai ganhar, com certeza. Esses itens são perfeitos para decorar o ambiente e ainda ajudam a distribuir as fontes de luz. Para os apaixonados por leitura, um abajour (ou uma luminária) é o grande coringa do planejamento de iluminação. Quando instalados ao lado da cama, tanto um quanto outro garantem a luminosidade perfeita para ler.

 

7. Dê atenção especial ao closet

É preciso colocar lâmpadas claras próximas ao armário ou dentro do closet para facilitar as escolhas na hora de se arrumar!

 

Cuidado apenas para não instalá-las em pontos muito próximos às roupas, pois elas podem se queimar com o calor da luz. Se isso for inevitável, você pode optar por lâmpadas de LED, que não geram calor e, consequentemente, não danificariam as peças.

 

Essa é uma solução que pode ser bastante interessante também para closets muito abafados. Assim, você não corre o risco de “morrer de calor” ou “suar em bicas” enquanto se arruma.

 

8. Fique atento às superfícies que refletem luz

Um bom projeto de distribuição de luzes precisa se atentar ao posicionamento dos pontos de luz. Aproveitar espelhos e outras superfícies reflexivas para melhorar a iluminação do espaço pode ser um recurso interessante, especialmente quando falamos da luz natural ou de luzes difusas e indiretas.

 

Por outro lado, posicionar os focos de luz direta — como spots ou luminárias — de frente para pontos reflexivos pode criar ofuscamento (aquele efeito incômodo que ocorre quando uma luz forte é refletida diretamente nos olhos de uma pessoa). Então tome cuidado na hora de escolher a posição de seu foco de luz. O ideal é fazer alguns testes de vários ângulos!

 

9. Escolha o tipo correto de lâmpada

Como já mencionamos no texto, lâmpadas quentes podem queimar suas roupas. Isso não é, contudo, a única questão. O calor produzido pode elevar a temperatura do ambiente, o que se torna extremamente inconveniente em locais naturalmente mais quentes. Por outro lado, pode ser estratégico em regiões mais frias.

 

Outro ponto que você precisa é a cor da luz. A branca é mais voltada para atividades em que é necessário ter foco, como trabalhar ou ler. Já a amarela traz mais sensação de aconchego e convida ao descanso.

 

As amarelas normalmente são mais adequadas para o quarto, mas você pode fazer o teste para ver qual te agrada mais. Se o seu caso for ter um cantinho para leitura, por exemplo, você também pode optar por colocar uma lâmpada branca em uma luminária específica.

 

Uma ideia que pode dar um charme na iluminação do quarto é a utilização de fitas de LED. De fácil aplicação — sem a necessidade de contratação de profissionais especializados —, elas dão a possibilidade de utilizar diferentes cores para criar efeitos incríveis.

 

Seguindo essas sugestões, você conseguirá montar um projeto de iluminação para quarto que atenda a todas as suas necessidades e deixe o ambiente ainda mais bonito e aconchegante! Melhor impossível, não é mesmo?

 

Gostou do conteúdo que preparamos para você? Então, assine nossa newsletter e receba mais dicas e inspirações para decorar sua casa.

Sobre Casoca


Somos uma startup do mercado de Arquitetura e Decoração! Oferecemos uma plataforma gratuita de blocos 3D para os profissionais da área, otimizando o processo de representação gráfica e especificação de produtos. Acesse www.casoca.com.br para conferir o catálogo digital 3D com produtos das melhores marcas do Brasil para especificação e representação gráfica dos arquitetos, decoradores e designers!

Comments

comments

NÃO PERCA

Quer ficar por dentro de dicas e novidades sobre decoração?
Assine nossa newsletter e receba nossos conteúdos em primeira mão!

Casoca

Somos uma startup do mercado de Arquitetura e Decoração! Oferecemos uma plataforma gratuita de blocos 3D para os profissionais da área, otimizando o processo de representação gráfica e especificação de produtos.

Acesse www.casoca.com.br para conferir o catálogo digital 3D com produtos das melhores marcas do Brasil para especificação e representação gráfica dos arquitetos, decoradores e designers!

Instagram @casoca.br